Coronavírus

Para os perdidos

Batizada pela Organização Mundial da Saúde (OMS) de Covid-19, a doença provocada pelo novo coronavírus começou a se espalhar pelo mundo a partir de Wuhan, na China, em janeiro de 2020. Ela é transmitida por meio de gotículas de saliva e catarro que se espalham pelo ambiente. Por isso, a principal forma de prevenção é lavar as mãos com água e sabão frequentemente.

No dia 13 de março de 2020 a OMS elevou o estado da contaminação por coronavírus à pandemia, o que indica que ela se espalhou oficialmente pelo mundo, com níveis alarmantes de “propagação, gravidade e inação”, com a expectativa de que o número de casos, mortes e países afetados continuarão a subir. Seus sintomas são parecidos com os de uma gripe ou de outras doenças causadas por vírus respiratórios: febre, tosse, dificuldade para respirar, coriza e dor de garganta.

Números dos casos de contaminação, pacientes recuperados e mortes podem ser acompanhados no mapa do Centro de Pesquisas sobre Coronavírus, da Universidade John Hopkins. O Ministério da Saúde e o Governo de Santa Catarina criaram sites onde publicam notícias e decisões relacionadas à Covid-19.

Ao longo da história, epidemias mataram milhões de pessoas, como a Peste Negra no século 14 e a Gripe Espanhola em 1918. Mais recentemente, a Síndrome Respiratória Aguda Grave (Sars), também causada por um coronavírus, matou 800 pessoas entre 2002 e 2003.

Nosso propósito é conectar as pessoas à informação de qualidade, para que elas tomem as melhores decisões para si e para o mundo.

Copyright © 2020 | Newspass