Fascismo

Para os perdidos

O fascismo é um movimento político que surgiu na Itália sob a liderança de Benito Mussolini. Ele se tornou o primeiro-ministro em 1922 e começou a usar o título “Il Duce” (“O Líder”, em italiano) em 1925, quando acabou com a estética democrática do seu governo e estabeleceu sua ditadura totalitária.

O movimento fascista é entendido por historiadores como um regime totalitário, fundamentado no espectro político de extrema-direita. Suas características incluem o controle absoluto de um partido ou líder, forte militarismo, intensa propaganda ideológica com objetivo de ressaltar o regime, discurso de ódio e perseguição a opositores, anti-socialismo, exaltação dos “valores morais” e retórica populista.

No Brasil, o escritor e político Plínio Salgado fundou, com Miguel Reale e Gustavo Barroso, em 1932, a Ação Integralista Brasileira (AIB). O movimento era baseado no fascismo de Mussolini e exaltava o nacionalismo, atacava o comunismo, defendia a necessidade de um partido único nacional e continha tons de antissemitismo. O integralismo ganhou corpo rapidamente e chegou a ter entre 600 mil e 1 milhão de adeptos.

Mas o golpe de Estado de 1937, que jogou na clandestinidade todos os partidos do Brasil, e duas tentativas frustradas dos integralistas de tomarem o poder, acabaram desarticulando o grupo. Em 1939, Plínio partiu para o exílio em Portugal.

O fascismo clássico ou histórico, como é conhecido esse movimento político vivido até 1945, tem fortes ideais que influenciam, ainda hoje, diversas sociedades. Por isso, o assunto é recorrente em vestibulares e no Enem.

Além disso, os termos fascismo e antifascismo voltaram a ser discutidos recentemente não só no Brasil, mas também na Itália, Hungria, Polônia, Filipinas e Estados Unidos. Isso por conta de declarações polêmicas feitas por diferentes líderes governamentais. Alguns acreditam que se tratam apenas de governos populistas de direita, outros temem a volta do movimento político fascista.

Vários filmes podem ajudar a entender mais sobre fascismo e outros regimes totalitários, como A Lista de Schindler (1993), A Outra História Americana (1998), Tolerância Zero (2003), V de Vingança (2006) e A Onda (2008).

Nosso propósito é conectar as pessoas à informação de qualidade, para que elas tomem as melhores decisões para si e para o mundo.

Copyright © 2020 | Newspass